Dúvidas?

O que é ortodontia?


Ortodontia é a área da odontologia responsável pela correção da posição dos dentes e dos ossos maxilares.




O que é oclusão?


É o contato dos dentes superiores com os inferiores ao fechar a boca. Em condições normais os dentes superiores devem encobrir ligeiramente os inferiores, ou seja, o arco dentário superior deve ser um pouco maior que o inferior. Qualquer alteração nesse mecanismo pode trazer danos nas estruturas adjacentes como dentes, gengivas, osso, músculos, ligamentos e articulações.




O que é maloclusão?


Como o nome diz, é o posicionamento incorreto dos dentes e/ou do relacionamento entre o arco dentário superior e inferior, ou seja, é qualquer desvio de posição do dente em relação ao normal.




Quais os principais tipos de más oclusões?


Dentes apinhados (tortos), dentes espaçados, mordida aberta, mordia cruzada e sobremordida são os principais tipos de más oclusões dentárias. Além disso, temos também o relacionamento incorreto entre os ossos maxilares (maxila e mandíbula)




Quando devo levar meu filho ao ortodontista?


Apesar de não existir idade mínima para realizar a primeira consulta, a época mais oportuna para se procurar um ortodontista é no começo da troca dos dentes de leite pelos dentes permanentes, ou seja, no início da dentição mista, por volta dos 6 anos de idade.




Só pode colocar aparelho quem tem os dentes permanentes?


Não. Há vários problemas que podem e devem ser prevenidos ou corrigidos na dentadura decídua, na principal 1 e na dentadura mista.




Tem limite de idade para se colocar aparelho?


Não, desde que o paciente esteja com os tecidos de suporte, osso e gengiva saudáveis.




O que preciso fazer para colocar o aparelho?


Após uma avaliação inicial, é necessário que se faça algumas radiografias, fotos e modelos, para que possamos realizar um estudo detalhado do seu caso e apresentar- lhe um plano de tratamento adequado às suas expectativas e necessidades.




Quais os principais tipos de aparelho?


Os aparelhos podem ser divididos em dois grupos: o fixo e o removível. Os aparelhos fixos são compostos basicamente por bráquetes, fios e elásticos, permitindo uma maior movimentação dos dentes sem depender da colaboração do paciente. Há três tipos de bráquetes: os de metal, os estéticos e os autoligáveis. Já os aparelhos removíveis podem ser retirados pelo paciente ou pelo ortodontista, e dependem da colaboração do paciente.




O que são os aparelhos autoligados?


São os mais modernos tipos de aparelhos fixo. Estes aparelhos não utilizam elásticos para fixar o fio ao bráquete. A principal vantagem é a diminuição do atrito durante a movimentação dos dentes o que, em alguns casos, pode diminuir o tempo de tratamento. Além disso, o atendimento é mais espaçado, sendo feito normalmente de dois em dois meses. Como desvantagem, este aparelho não utiliza os elásticos coloridos, o que pode aborrecer um pouco as crianças e adolescentes.




O que são aparelhos estéticos?


Basicamente são bráquetes de uma coloração muito próxima a cor dos seus dentes. Estes podem ser de porcelana ou cerâmica. A principal vantagem é a estética, pois eles são muito discretos e ideais para aqueles pacientes que se sentem incomodados com os de metal. Como desvantagem, podemos citar um maior risco de quebra, e em alguns casos, um tempo maior de tratamento.




Depois de corrigidos, os dentes ficam alinhados para sempre?


Não. Os dentes, como todo nosso corpo humano, sofrem modificações à medida que envelhecemos. Para que os dentes fiquem alinhados o paciente precisará utilizar contenções ortodônticas indefinidamente.





Ainda ficou com alguma dúvida?

Entre em contato conosco, que nossa equipe terá o prazer em ajudar.

Rua Dr. Nelson de Sá Earp, 95 - Sala 109
Centro, Petrópolis - RJ 25680,195

(24) 2244-9192

  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social

©2018 - Todos os direitos reservados.